Modelo negra / Fonte:conselhodemulher.com

25 de julho: Dia Internacional da mulher negra latino-americana e caribenha

De Gláucia Gomes /Radioagência Nacional


O dia 25 de julho celebra o Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha. A data foi criada em 25 de julho de 1992, durante o primeiro Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingos, República Dominicana, como marco internacional da luta e da resistência da mulher negra.


Cerca de 200 milhões de pessoas que se identificam como afrodescendentes vivem na América Latina e no Caribe, e são os mais afetados pela pobreza, marginalização e pelo racismo, que atingem ainda mais as mulheres negras.


No Brasil, a data também é nacional, foi instituída por uma Lei de 2014, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra. Tereza de Benguela foi uma importante líder quilombola que viveu durante o século 18. 

Outras Notícias

Morre Zygmunt Bauman, aos 91 anos

Faleceu na segunda-feira (9) o sociólogo Zygmunt Bauman, aos 91 anos, em Leeds, cidade inglesa onde morava, desde 197...

Nossa voz no silêncio

Quantas vezes você parou e quis alguns minutos de silêncio para acalmar a alma? O barulho das cidades, pessoas, notíc...